Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2015

Educação e mediocridade

Vamos parar de educar para a mediocrização!
Escrito e lido por: Eliana Rezende


Ouça eu ler para você
(escolha a opção abrir com:
Music Player for Google Drive)


Uma análise sobre os sistemas educacionais hoje vigentes, não apenas no Brasil mas no mundo, revela uma condição decepcionante.
Apesar de tantos desenvolvimentos tecnológicos a realidade Educacional e os ambientes ditos de escolaridade estão longe de formar seres pensantes, atuantes e com espírito crítico e interventor.
Não há inteligência social nos modelos que temos.

O sistema educacional, até por sua conformação física, revela uma dicotomia entre o mundo vivido e o compartilhado em realidade 3.0 para uma vivência "fabril". As escolas mantém seus espaços tal como projetados como os modelos pós industriais diziam que deveriam ser linhas de produção. Num ambiente onde todos são tratados como engrenagens e de forma homogênea fica difícil, não somente reconhecer mas valorizar potencialidades.
A norma assim é mediocriz…

Inclusão

INCLUIR: O DIFERENTE PARA A INCLUSÃO
Jamile Gebara e Isabel Bonadio


Sumário
Resumo
O artigo pretende demonstrar que é possível incluir na escola regular, sendo que a diversidade e o diferente convivem conosco a todo momento e o professor devem ter sensibilidade para atuar de forma positiva incluindo esse aluno .
Palavras – chaves: inclusão, diversidade, trabalho diferenciado


Abstract
The article will argue that you can include in regular schools , and the diversity and the different live with us at all times and the teacher should be sensitive to act positively including this student.
Key - words : inclusion , diversity, differentiated work

A diversidade é um conceito que se refere a diferença de coisas, ou seja que são divergentes que faz alusão as variedades..Na escola convivemos com a diferenças. As diferenças físicas e biológicas entre pessoas e grupos humanos podem gerar preconceitos. Este conceito esta presente nas relações humanas desde a humanidade A educação na diversidade…

O papel da família no desenvolvimento da inteligência

A FAMÍLIA E SUA INFLUÊNCIA NO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DA CRIANÇA
Erika Bataglia da Costa

Sumário

RESUMO: O presente artigo aborda algumas reflexões sobre o papel e a participação da família no desenvolvimento cognitivo da criança, bem como o envolvimento da família com a escola e seu impacto sobre a aprendizagem e o desenvolvimento da aprendizagem. Diversos educadores têm mostrado um grande interesse pelo estudo das relações entre a família e a aprendizagem devido à sua importância para a educação e o desenvolvimento da criança. Acredita-se que um ambiente familiar estável e afetivo contribui de maneira positiva para o bom desempenho da criança na escola dependendo de outros fatores que não exclusivamente os familiares. A pesquisa de caráter bibliográfico reflete, em um primeiro momento, sobre a família e aprendizagem cognitiva e, num segundo momento, um estudo mais direcionado para a influência da família na aprendizagem da criança. Procurou-se identificar as relações estabelecidas…

Psicopedagogo e professor: parceria necessária.

psicopedagogo-e-professor-1024x826

A Psicopedagogia é uma área de conhecimento que se dedica ao estudo do processo de aprendizagem humana , considerada como vital para a preservação da espécie. É também uma área de atuação, que pode ser exercida no ambiente institucional ou clínico.

O psicopedagogo é um profissional especialista em aprendizagem, que atua potencializando-a ou auxiliando na correção das dificuldades que podem acontecer no processo. Quando está numa instituição escolar, por exemplo, seu trabalho é preventivo, voltado para a assistência aos professores e às famílias. Quando está num consultório, seu trabalho é voltado para crianças, adolescentes, adultos e idosos e focado na terapia da aprendizagem.

alunos 2As pessoas podem apresentar dificuldades de aprendizagem em decorrência de fatores orgânicos, sociais ou emocionais. Na fase escolar os professores as acompanham e são responsáveis pelos métodos e técnicas de ensino adequados às suas necessidades . Por isso, é nece…

Diagnóstico psicopedagógico

O DIAGNÓSTICO PSICOPEDAGÓGICO
Sandra Maria Cavalcanti Rebel

Sumário

O DIAGNÓSTICO PSICOPEDAGÓGICO

A qualidade do diagnóstico psicopedagógico dependerá da competência, da habilidade e da sensibilidade do psicopedagogo ao se articular com o seu paciente, com a família, com a escola e outros profissionais. É importante destacar que a investigação sobre o aprender requer uma pesquisa acurada sobre a história de vida do paciente. O psicopedagogo deve se utilizar de uma escuta clínica, valorizando a singularidade do sujeito e desenvolvendo sua autonomia de pensamento. O objetivo principal deste trabalho é promover a análise dos fatores que devem ser considerados para a qualidade do diagnóstico psicopedagógico. Outros objetivos, mais específicos, perpassam o texto, como: definir o objetivo do diagnóstico psicopedagógico, explicar como ocorre o processo do diagnóstico psicopedagógico, descrever os fatores que influenciam no diagnóstico psicopedagógico. Foi observado, ao longo do estudo, que …

Novas tecnologias, benefícios e malefícios

BENEFÍCIOS E MALEFÍCIOS DAS NOVAS TECNOLOGIAS
Daiani Teodoro de Melo Ribeiro

Sumário

Benefícios e Malefícios das novas tecnologias na qualidade de vida da Sociedade

Vivemos em uma era onde as novas tecnologias estão presentes nas mais diversas áreas de conhecimento, seja na educação, na medicina, no mercado de trabalho, mas todas elas atingem um objetivo comum: a qualidade de vida das pessoas. O trabalho apresenta os principais benefícios perceptíveis na sociedade decorrentes das novas tecnologias. Paralelamente aos benefícios, aborda também os malefícios que estas podem causar. Porém o fato de conhecer os malefícios não ofusca a importância dos benefícios apresentados, apenas informam e conscientizam acerca deles.

Palavras-chave: tecnologia, qualidade de vida.

1-INTRODUÇÃO
Quando falamos em tecnologia é interessante a princípio fazer uma reflexão sobre o termo “tecnologia”. A palavra é formada pela junção do termo tecno, que provém do grego techné, que significa saber fazer, e logia…

Frozen, uma reflexão psicológica da animação

Uma reflexão psicológica da animação Frozen


jan 22, 2015
0 25

Por Viviane Lajter Segal

Do original: Frozen uma lição de vida

As histórias infantis são repletas de mensagens interessantes sobre a vida, as relações afetivas e familiares. Por esse motivo costumam ser tão encantadoras não somente para as crianças, mas também para os adultos. O filme Frozen é um bom exemplo disso. Possui inúmeras situações e dilemas pessoais e familiares que valem a pena ser analisados mais profundamente.

O filme conta a história de duas irmãs Elsa e Ana que vivem em um castelo com seus pais. Elas são muito amigas quando crianças. Elsa, a mais velha, tem o poder de transformar tudo o que toca em gelo e produzir neve. Isso era motivo para muitas brincadeiras entre elas. Até que um dia ocorre um acidente e Elsa quase mata Ana. Apartir daí seus pais resolvem isolar Elsa até que ela consiga controlar seus poderes e fecham os portões do castelo, para que ninguém saiba dos poderes da filha. Apagam a memória de …